domingo, 18 de setembro de 2016

Descobrir o CIBA

Descobrir o CIBA

O artigo de hoje é dedicado ao Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota, localizado no Campo Militar de São Jorge. Este campo é um dos locais de batalha de uma das mais importantes guerras medievais, a Guerra dos Cem anos,

Campo Militar de São Jorge

O CIBA foi projectado de modo a proporcionar ao espectador uma visita completa e de fácil acesso e compreensão. Este local é composto por dois espaços físicos diferentes, o primeiro composto por 3 salas interactivas e o segundo pelo espaço envolvente do edifício e outrora campo de batalha.

Edifício do CIBA

No interior das salas encontrará um verdadeiro espectáculo de multimédia, que lhe permite viajar no tempo e encontrar armadilhas e ossos de combatentes com mais de 600 anos. Já exploração do espaço exterior é feita através de um percurso bem identificado, que lhe permite perceber como se desenrolou esta batalha.
Mediante o pagamento de 3€ poderá adquirir os audioguias, que lhe vão contando em pormenor os detalhes desta guerra travada entre portugueses e castelhanos.

Mapa

Exploração do Campo de Batalha
Cronotelescópios
O Campo Militar de São Jorge é um dos mais bem preservados campos de batalhas medievais de toda a Europa e onde é possível aos visitantes irem percebendo o posicionamento no terreno dos diferentes exércitos, através de vários cronotelescópios espalhados pelo local.

Imagem do Cronotelescópio

Campo da Peleja
O Campo da Peleja é um local inserido no Campo de Batalha, onde se pretende homenagear todos os combatentes desta guerra. Pelo chão é possível encontrar inúmeras lajes, que personificam alguns dos intervenientes do confronto, qualquer que seja a nação pela qual se bateram, Portugal, Castela, França ou Inglaterra. Apesar de não serem sepulturas, a verdade é que fazem lembrar isso mesmo.
É aqui que também pudemos nos posicionar e perceber o relevo do terreno e qual a importância que este teve para o desfecho da batalha, isto é, o terreno possui acentuados declives, mostrando que estamos num planalto e por isso, o local terá sido escolhido para o posicionamento das tropas portuguesas.

Lajes do Campo da Peleja

Capela de São Jorge
A Capela de São Jorge foi mandada construir por Nuno Álvares Pereira bem no local da frente de combate, onde esteve posicionado com a vanguarda portuguesa, como forma de agradecimento pela vitória tão importante para Portugal. Actualmente, está inserida no CIBA e em 1910 foi classificada como Monumento Nacional.
No local é possível ler uma inscrição do séc. XIV, onde está explícito a intenção de Nuno Álvares Pereira. Ao longo dos séculos tem passado por vários trabalhos de restauro e conservação para conseguir mantê-la preservada, o último dos quais em 2004.

Capela de São Jorge

Monumento ao Condestável do Reino
O Monumento a Nuno Álvares Pereira é uma alegoria a este e serve para marcar a liderança deste Condestável do Reino ( chefe do exército) em três campanhas decisivas contra a expansão castelhana e a favor da independência de Portugal (a batalha de Aljubarrota, dos Atoleiros e de Valverde).
Esta bonita escultura de baixo relevo, de inspiração clássica, data de 1959 e é da autoria do escultor português Raúl Xavier.

Monumento ao Condestável do Reino

Carriagem / Parque das Merendas
O Parque das Merendas, é um local único no nosso país. Para além de mesas e bancos de madeira disponibilizados para quem pretende fazer uma merenda, ainda é possível encontrar inúmeros artefactos medievais espalhados pelo local, assim como o respectivo cartaz onde é explicado em que é que consiste o mesmo e para o que é que servia.

Parque das Merendas

Não deixe de visitar este belo espaço de exploração e descoberta daquela que foi uma das mais importantes batalhas da história de Portugal.

Vocês já visitaram o CIBA? O que acharam?
Pensam ficar alojados na zona da Batalha? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez que reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é 100% voluntário.




Sem comentários:

Enviar um comentário