segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Dicas para viajar pela Europa

Dicas para viajar pela Europa


A Europa possui inúmeras atracções, que cada vez têm mais destaque e despertam o interesse a quem a visita. Mas é preciso ter muita atenção e cuidado para não gastar dinheiro desnecessário e assim conseguir tornar a viagem ainda mais interessante.
De seguida, darei umas dicas, para quem viaja pela Europa e que serão importantes não só para poupar dinheiro, como para conseguir usufruir bem da sua viagem.


Visite durante a época baixa
Se pretende visitar a Europa sem grandes confusões e a preços mais acessíveis, evite viajar nos meses de Junho, Julho e Agosto. Ao viajar durante estes meses corre o risco de encontrar grandes multidões e filas para qualquer no lugar que vá.

Museu du Louvre, em Paris, em Janeiro


Compre em negócios familiares
Não deixe de explorar as ruas menos movimentadas e com negócios mais familiares, misture-se com os moradores locais, saia da zona de conforto. Para além de que os restaurantes e as lojas fora das principais ruas tendem a ser mais baratos.
E nunca se esqueça, que os restaurantes com fotos no menu, atendem essencialmente turistas, o que significa que o preço está inflacionado.

Mercado do Bolhão, no Porto


Aprenda a língua local
Uma das coisas que um europeu mais aprecia é ver um turista a esforçar-se para falar a sua língua, por isso pratique algumas frases e utilize-as com os moradores locais.
Saudações e agradecimentos serão sempre muito úteis.


Compre o Pass da Cidade
As principais cidades são conhecidas por ter um Pass, que mais não é que um cartão, que geralmente dá acesso gratuito aos meios de transporte da cidade, e a entradas em alguns museus e atracções da cidade, assim como, descontos nas entradas em outras atrações. Um bom exemplo é o Roma Pass que nos dá acesso aos transportes públicos e ainda entrada grátis em 2 museus ou sítios arqueológicos mais famosos e entrada grátis num conjunto de outras atracções não tão conhecidas da cidade.
Aconselho a que antes de comprar veja o que pretende visitar e faça contas, pois nem sempre pode ser a melhor opção.

Roma Pass

Mantenha-se mais tempo em cada local
Aprecie cada local por mais tempo, crie rotinas, encontre o seu café favorito, faça amizades, dê-se a oportunidade de conhecer verdadeiramente uma cidade, uma vila, o seu destino de férias.
Ou seja, conheça verdadeiramente um local, fique por uma semana ou duas e verá como a cidade terá outro encanto. Para além de que verá que poupará bem mais do que se visitasse várias cidades de forma mais superficial.

Oxford Street, em Londres

Fique alojado no sítio central e vá a pé a todo o lado
Geralmente procuramos sempre ficar nos sítios mais em conta, que normalmente é nos subúrbios, mas o certo é que nem sempre vale a pena. Para tal, faça contas e perceba quanto fica o transporte de ida e volta para o centro da cidade, se existem opções para fazer as refeições, entre outros.
Assim, o meu conselho é que procure bem e tente encontrar um local que fique perto do centro, onde poderá alcançar os principais pontos turísticos, assim como encontrar cafés e restaurantes sem grandes problemas. Para além de que ficará a conhecer muito melhor a cidade, se fizer os seus percursos a pé.

Conheça pequenas cidades
Muitas vezes o grande problema das grandes cidades é que ao serem invadidas por turistas, torna difícil a vida de quem pretende conhecer e se misturar com a população local. Como tal, a melhor opção será sempre escolher cidades mais pequenas, que não tenham tantos turistas, mas que fique relativamente perto dos principais pólos, para que deste modo se também quiser visitar, o possa fazer.

Villars sur Ollon, na Suíça


Utilize voos low-cost
As companhias de baixo custo estão presentes em toda a Europa e são uma das principais vantagens para o turista escolher a Europa, como o seu destino de férias. Estas companhias voam de cidade em cidade com um custo mínimo. Por exemplo, já voei do Porto para Genebra a 14€, mas há voos ainda mais baratos. Haverá melhor presente?

Ryanair, uma das companhias low-cost da Europa

Viaje de comboio
A Europa está bem fornecida de comboios e viajar entre cidades de comboio é uma óptima opção, pois geralmente é mais espaçoso, confortável e com menos burocracias que um voo. A grande vantagem é que pode comprar o seu bilhete minutos antes da partida, mas é necessário ter em conta, que geralmente é mais caro que uma viagem de avião.
Eu pessoalmente, opto por viajar de avião quando viajo entre cidades de países diferentes e de comboio quando me pretendo deslocar entre cidades no mesmo país.

Comboio da Trenitália


Estas são as minhas dicas para aqueles que pretendem viajar pela Europa, de uma forma fácil e sem gastar muito.
E vocês têm alguma dica diferente desta?

Este blog tem parceria com o Booking. Se pretende fazer a sua reserva para ficar alojado em qualquer lugar da Europa ou até do mundo, contrate o serviço aqui e estará a ajudar o nosso blog, já que o nosso trabalho é voluntário.



Sem comentários:

Enviar um comentário